quinta-feira, 30 de junho de 2011

Flecha





Teu olhar com ternura,
Que me traz imensa dor,
Pois meu peito ele perfura
Com a eterna flecha do amor.

Sino





Saudade:
É um sino que tange,
Na catedral do passado.

Banco





No banco das ilusões,
Que esperança só contém,
Chegues de amor emiti,
Não foram pagos porém.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Encontro



Para unir é preciso amar,
Para amar é preciso conhecer,
Para conhecer é preciso ir
Ao encontro do outro.

Voa









Voa,
Até que o teu coração
Sinta o toque da nuvem.

Rosas





As rosas com sua graça,
São marcas do criador,
Pois Ele, por onde passa,
Deixa pegadas de flor.

terça-feira, 28 de junho de 2011

Benzinho





Meu benzinho de calça azul,
Da camisa cor-de-rosa,
No meio de tanta gente,
Parece um botão de rosa.

Maravilha







Quem foi que pôs tanta graça
Nesta flor do meu jardim?...
Peça ao acaso que faça
Uma maravilha assim.

Ponte




Debaixo da ponte da vida,
Nos campos largo do amor,
São todos os namorados, 
Que sofrem a mesma dor.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Flor







Nem sempre será preciso
Comprar flores para alguém;
Às vezes um bom sorriso
É a melhor flor que se tem.

Brindar








Vamos brindar à beleza,
Vamos brindar ao amor,
Bebendo paz e pureza
No cálice de uma flor!

Altar









Os que se amam com carinho
Ninguém pode separar:
Eles são como água e vinho
No cálice de um altar.

domingo, 26 de junho de 2011

Tecnologia









Nem a tecnologia japonesa
Conseguiu nos separar.

Eu te amo

Eu te amo bem mais
Que se possa dizer,
Eu te amo bem mais
Que se possa pensar,
Eu te amo bem mais
Que se possa crer,
Porque eu te amo bem mais
Que se possa amar.

Telefone





O telefone toca
Eu penso em você.
A campainha chama
Eu espero por você.
Os dias passam
E o amor se concretiza.

Verbo







Era um lindo verbo amar,
Feito de paz e doçura,
Mas os homens ao pecar,
Fizeram dele amargura.

Verdade




De amigo para amigo,
Nasceu nossa amizade,
Hoje venho te dizer,
Que te amo de verdade.

Portão



Quando estiver namorando,
De beijinho no portão,
Lembre-se que o amor
É cego mas os vizinhos não.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Espinhos







Podes tirar os espinhos
Da rosa que dás a alguém;
Mas não tiras os espinhos
Que a rosa da vida tem.

Asas






Se o fogo morreu nas brasas
E um pobre amor se apagou,
Feliz quem tem um par de asas
Para tentar outro voo!

Água









A riqueza nos influencia
Como a água do mar,
Quanto mais bebemos,
Mais sede temos.

Coração



Um coração sem amor
É uma alma sem vida,
Uma vida sem fé,
É uma existência sem esperança.

Belo







É bonito um belo rosto
E um lindo corpo também;
Mas o ser belo é composto
Do que por dentro se tem.

Saudade







A saudade faz
Crescer o amor.

Amargura





Se a rosa vive um só dia,
Não há nisto desventura:
Vale mais curta alegria
Do que uma longa amargura!

Versão





Eis o mais terno carinho
É a versão pura do amor:
Entrega-me o teu espinho
Que te darei uma flor.

Espinho



A mão que oferta uma rosa,
Vermelha, amarela ou branca,
É bem mais maravilhosa
Quando nosso espinho arranca.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Beijar







É fácil beijar na boca,
O difícil é chegar no coração.

Oceano







Tive muitas dificuldades
Para atravessar o oceano,
Mas aqui cheguei para te dizer:
Como ti amo!

Solidão



Eu não me conformo
Com sua decisão,
Indo para longe
E me deixando na solidão.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Mar





É mais fácil as águas do mar,
Beijarem o firmamento,
Do que tirar teu belo nome,
Do meu pensamento.

A B C





O a b c está queimando,
Fui correndo apagar,
Não queimando a letra...
O resto pode queimar.

Bicho





Sem ser cachorro, ele late;
Sem ser gato, mia bem,
Quem for sabido que trate
Do nome que o bicho tem.

domingo, 19 de junho de 2011

Mãe





Ser mãe é olhar o mundo,
Com olhar de perdão...
É ter o dom da felicidade
É exemplo de vida...

Medalha







Ter amor é necessário
Pois quem vive sem amor?
O amor é valioso,
É medalha que vale ouro.

Amor







Amor? Que palavra é essa?
Faz a gente sorrir e chorar,
Como explicar o inesplicável?
Simplesmente amar!

sábado, 18 de junho de 2011

Pérolas



O amor que tanto querias
Veio pérolas buscar...
Mas só achou conchas vazias
No fundo do teu olhar.

Mágoas







Não beba para afogar 
As suas mágoas,
Porque as ditas sabem nadar
E quem se afoga é você.

Roda gigante


A vida é roda gigante,
Com sua mensagem clara:
Ninguém desce antes do instante,
Enquanto a roda não para.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Adeus



A palavra mais triste da vida
É a palavra " adeus",
Pois foi com essa palavra
Que acabaram os sonhos meus.

Criança





Se eu fosse um jardineiro,
Eu lhe dava um botão,
Mas como sou uma criança,
Eu lhe dou meu coração.

Tronco





Eis o recado profundo
Que o velho tronco me diz:
Qualquer tempo neste mundo
É tempo pra ser feliz!

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Ventura



Não quero rara ventura;
Dá-me apenas esta rosa...
O que longe alguém procura
É sempre o que menos goza.

Pedras









É mais fácil encontrar pedras
No fundo do mar,
Do que amor sincero
No coração de um homem.

Jeitinho









A rosa se a pegas bem,
Não te fere com o espinho;
Com homens é assim também:
É só questão de jeitinho.

Encanto









Da mulher, a flor resume, 
O encanto, a graça, o explendor,
Há tanta flor sem perfume,
E tanta mulher sem amor.

Livro







A partir deste momento
Meu livro muda de cor:
São flores do pensamento,
São pensamentos em flor.

Brilham





Brilham as estrelas no céu,
Brilham as águas no mar,
Mais nada brilha tanto
Como a luz do teu olhar.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Rugas





Só nos põem rugas no rosto
A vida, os anos, a solidão;
Mas a tristeza e o desgosto
Põem rugas no coração.

Natureza





É belo tudo o que existe
No reino da natureza;
O mundo só fica triste,
Se espelha nossa tristeza.